Projeto de Pesquisa

Tempo de leitura: 7 minutos

Projeto de Pesquisa
5 1 voto

Projeto de Pesquisa

Veja como fazer o Projeto de Pesquisa de seu Trabalho Acadêmico. Metodologia de Projeto de Pesquisa, Exemplo de Projeto de Pesquisa Pronto.

 

Projeto de Pesquisa Como Fazer

Aprenda a metodologia para se fazer o Projeto de Pesquisa de maneira certa seguindo o nosso exemplo de projeto de pesquisa pronto:

Estrutura Projeto de Pesquisa

Projeto de Pesquisa Exemplo Pronto
Projeto de Pesquisa Exemplo Pronto

 

Projeto de Pesquisa Capa

Fundamentação: ABNT NBR 15287:2011 – item 3.5

Projeto de Pesquisa Exemplo Pronto
Projeto de Pesquisa Exemplo Pronto

Conteúdo

a) « nome da instituição; »

b) « nome do curso; »

c) « nome do aluno; »

d) « título; »

e) « subtítulo (se houver, deve ser precedida de dois pontos, evidenciando a sua subordinação ao título); »

f) « número de volume: se houver mais de um, deve constar, em cada capa, a especificação do respectivo volume; »

g) « cidade da instituição (observação: no caso de cidades homônimas, recomenda-se o acréscimo da sigla da unidade da federação); »

h) « ano da entrega. »

 

Projeto de Pesquisa Folha de Rosto

Folha de Rosto é o elemento que traz informações imprescindíveis à identificação do trabalho.

Fundamentação: ABNT NBR 15287:2011 – item 3.12 e item 4.2.1.1.

Conteúdo:

No anverso, traz as informações sobre o trabalho e é constituída pelas seguintes informações:

a) « nome do autor do trabalho; »

b) « título: identifica o assunto tratado pelo trabalho, devendo ser o mais claro e objetivo possível; »

c) « subtítulo, se houver: deve vir logo abaixo do título, antecedido de dois pontos, apresentando-se como uma particularidade do conteúdo do título; »

d) « identificação do trabalho: sendo uma tese, dissertação, outros; o seu objetivo, ou seja, finalidade a que se destina a monografia; nome da instituição; área de concentração; »

e) « nome do orientador e se houver, nome do coorientador; »

f) « cidade da instituição seguida do ano. »

 

Folha de Rosto Sumário

Sumário do Projeto de Pesquisa é a enumeração das divisões, seções, capítulos e outras partes do trabalho, seguindo a mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede. A construção do sumário é uma das últimas tarefas a serem feitas no trabalho.

Atenção

Não confundir sumário com índice (elemento opcional conforme ABNT NBR 6034), que é a lista detalhada, sempre em ordem alfabética, dos assuntos referentes à obra, devendo estar localizado no final do trabalho.

Fundamentação: ABNT NBR 6027:2003

Conteúdo

a) « a palavra SUMÁRIO deve estar centralizada, em letras maiúsculas, negrito e com a mesma tipologia da fonte utilizada nas seções primárias, separada do seu texto por um espaço de 1,5 entrelinhas; »

b) « o corpo do sumário é composto pelo indicativo ou número da seção, o título da seção e a página correspondente ao texto; »

c) « os indicativos ou números de seções que acompanham seus respectivos títulos devem ser apresentados alinhados à margem esquerda da página; »

d) « a grafia dos capítulos, seções e subseções deve ser idêntica a utilizada no texto do trabalho. Por exemplo, se o título METODOLOGIA estiver grafado em letras maiúsculas e em negrito, ele deverá vir da mesma maneira no sumário; »

e) « os elementos pré-textuais não devem constar no sumário. (A contagem das páginas se inicia depois da capa, a partir da folha de rosto. Mas, a impressão dos números começa na primeira página dos elementos textuais – INTRODUÇÃO); »

f) « cada item constante no sumário deve remeter à página que aparece no texto, com o objetivo de facilitar a localização da matéria contida no trabalho; »

g) « o espaçamento entrelinhas deve ser o mesmo utilizado no texto: 1,5. »

Projeto de Pesquisa – Métodos ou Metodologias

Metodologia é o tópico do projeto de pesquisa que abrange maior número de itens, pois responde às seguintes questões: Como? Com quê? Onde? Quanto? (LAKATOS; MARCONI, 2003, p. 221).

No projeto de pesquisa, a seção da metodologia é redigida com linguagem, essencialmente, no futuro, pois inclui a explicação de todos os procedimentos que se supõem necessários para a execução da pesquisa, entre os quais, destacam-se: o método, ou seja, a explicação da opção pela metodologia e do delineamento do estudo, amostra, procedimentos para a coleta de dados, bem como, o plano para a análise de dados.

O autor do projeto deverá especificar qual tipo de pesquisa foi utilizado no desenvolvimento do estudo. Dentre as modalidades, pode-se destacar:

a)« pesquisa bibliográfica: é desenvolvida a partir de materiais publicadas em livros, artigos, dissertações e teses. Ela pode ser realizada independentemente ou pode constituir parte de uma pesquisa descritiva ou experimental. Segundo Cervo, Bervian e da Silva (2007, p.61), a pesquisa bibliográfica “constitui o procedimento básico para os estudos monográficos, pelos quais se busca o domínio do estado da arte sobre determinado tema.”; »

Se a pesquisa bibliográfica for realizada com o objetivo de colher informações a respeito de um problema, para o qual, busca-se uma resposta, ou a respeito de uma hipótese que se quer experimentar, ela constitui parte de uma pesquisa descritiva ou experimental.

b)« pesquisa descritiva: para Cervo, Bervian e da Silva (2007, p.61), este tipo de pesquisa ocorre quando se registra, analisa e correlaciona fatos ou fenômenos, sem manipulá-los (CERVO; BERVIAN; DA SILVA, p. 79, 2007).  »

  1. Segundo Barros e Lehfeld (2000, p.71) por meio de pesquisas descritivas, procura-se descobrir com que frequência um fenômeno ocorre, sua natureza, suas características, causas, relações e conexões com outros fenômenos. De acordo com Cervo, Bervian e da Silva (2007, p.62), esta modalidade de pesquisa pode assumir diversas formas, como as destacadas, a seguir:

  • estudos descritivos: estuda e descreve características, propriedades ou relações existentes na comunidade, grupo ou realidade pesquisada;

  • pesquisa de opinião: procura descobrir as atitudes, pontos de vista e preferências das pessoas, a respeito de algum tema, com o objetivo de tomar decisões. Esta modalidade visa a identificar falhas ou erros, descrever procedimentos, descobrir tendências, reconhecer interesses e outros comportamentos;

  • pesquisa de motivação: tem o propósito de descobrir as razões inconscientes e ocultas que levam, por exemplo, uma pessoa a consumir determinado produto, ou que influenciam comportamentos e atitudes;

  • estudo de caso: pesquisa sobre determinado indivíduo, família, grupo ou comunidade, para analisar aspectos variados sobre sua vida;

c)« pesquisa documental: é realizada uma investigação, por meio de documentos, com o objetivo de descrever e comparar os costumes, comportamentos, diferenças e outras características, tanto da realidade presente, como do passado; »

d)« pesquisa experimental: ocorre quando manipula-se diretamente as variáveis relacionadas com o objeto de estudo. A manipulação de variáveis proporciona o estudo da relação entre as causas e os efeitos de determinado fenômeno. (CERVO; BERVIAN; DA SILVA, 2007, p.61). Para Gil (1989, p.73), “de modo geral, o experimento representa o melhor exemplo de pesquisa científica”; »

e)« pesquisa exploratória: esta pesquisa não requer a formulação de hipóteses para serem testadas, ela se restringe por definir objetivos e buscar mais informações sobre determinado assunto de estudo, portanto ela seria um passo inicial para o projeto de pesquisa. A pesquisa exploratória é recomendada quando há pouco conhecimento sobre o problema a ser estudado (CERVO; BERVIAN; DA SILVA, 2007, p.61). »

Após apresentar o tipo de pesquisa, devem ser especificadas as técnicas de pesquisa de campo, descrevendo quais instrumentos serão utilizados para obter os dados da pesquisa. As técnicas para se colher os dados podem ser questionários, entrevistas, documentos, formulários, observações, etc.

Em síntese, a metodologia deve conter os seguintes tópicos:

  • tipo de pesquisa;

  • dados a serem obtidos;

  • forma de obtenção dos dados;

  • população e amostra (quando for o caso);

  • tratamento e análise dos dados (como serão feitos);

  • limitações da pesquisa – pontos fracos que a pesquisa pode ter.

Atenção